Make your own free website on Tripod.com








Misses do Brasil
Ingrid Budag Miss Brasil 1975













Home

História | Miss Brasil 2002 | Miss Brasil 2003 | Candidatas Miss Brasil 2004 | Sua Miss Brasil Inesquecível | Links





Miss Brasil 1975

Talvez muitos nem se lembrem, mas o Miss Brasil 1975 foi marcado por algumas  polêmicas: do problema com o som do Ginásio de Brasília, falhando em plena transmissão ao vivo pela TV Tupi , até a resposta da jurada salvadorenha Ana Luiza Gonzales ao apresentador Carlos Zara - que em tom de brincadeira perguntou nos momentos finais se já podiam revelar o veredito final. .....Ela levou a sério a pergunta e acabou revelando... Miss Santa Catarina !

 

Daí por diante, o descontentamento geral da platéia de 15 mil pessoas irrompeu o silêncio numa estrondosa vaia.... Leila Tancredi , Miss Rio de Janeiro - a favoritíssima - ficara num singelo 4º lugar, enquanto Jane Bezerra, uma das mais belas Misses do Rio Grande do Sul, sequer figurou entre as semifinalistas.. A gaúcha Lizane Távora , filha de militar e adotada por Brasília desde os 13 anos,  chegou em 2o. lugar, seguida por Miss Bahia, Zaida Costa, modelo de sucesso em Salvador.  A mineira Silvana da Silva Lisboa foi a 5a. colocada. As demais semifinalistas foram as misses Goiás  (Maria de Fátima Borges) , Paraná  (Maria Aparecida Alves de Oliveira)  e São Paulo (Marcia Brandão Carneiro Leão).

 

Apesar da vaia, Ingrid conseguiu mostrar seu porte e nobreza germano-brasileira de uma maneira bem especial: menina culta, capacitada para pilotar aeronaves de pequeno porte, fluente em inglês e alemão.  Ingrid era velha conhecida da Revista Manchete. Um ano antes despontou numa grande reportagem da revista sobre a colonização alemã  em Santa Catarina, aparecendo ainda como figurante em vários capítulos da novela "Super Manoela" da Rede Globo .

Ingrid Budag Miss Brasil 1975

Além desses atributos, um tanto incomuns para uma estudante de segundo grau de apenas 18 anos, Ingrid chamava atenção pela serenidade de suas palavras, sempre margeadas pela certeza de sua fé protestante,

como ela mesma declarou : "Sou uma mulher de fé.Com fé exteriorizo minha vida interior e assim me transformo numa bela mulher". Para ela, o grande mérito de ser a vitoriosa de 1975 não era o automóvel Chevette - prêmio principal para a 1ª colocada , e sim, ostentar a faixa de Miss Brasil por onde quer que fosse!

 

Ingrid Budag foi semifinalista em El Salvador, no Miss Universo vencido pela finlandesa Anne Marie Pothamo . A bela catarinense neta de alemães provou por A + B que um ginásio lotado é passível de equívocos.

 

Lisane Távora obteve a o 5o. lugar  no Miss Beleza Internacional naquele, vencido pela iugoslava Ladija Vera Manic. Zaida Costa não figurou entre as semifinalistas no Miss Mundo 1975 cuja vitória coube a Wilnelia Merced Cruz, de Porto Rico.

 

Esta é a singela homenagem  e reconhecimento do Misses do Brasil ao misto de beleza, ética e carisma  de Ingrid Budag, menina de Blumenau, que hoje dedica seu tempo às atividades eclesiásticas como missionária protestante .

 

Abraços

 

João Ricardo ( Recife , PE )

Miss Brasil 1975
















Visitors: