Make your own free website on Tripod.com








Misses do Brasil
Maria Raquel de Andrade Miss Brasil 1965













Home

História | Miss Brasil 2002 | Miss Brasil 2003 | Candidatas Miss Brasil 2004 | Sua Miss Brasil Inesquecível | Links





Maria Raquel de Andrade no Miss Universo 1965

Mais uma página com fotos da Miss Brasil 1965: clique aqui!

Miss Brasil 1965
fotos: acervo João Ricardo

Marilena de Oliveira Lima (Miss Mato Grosso) era a preferida do público, mas terminou em quarto lugar. Berenice Lunardi (Minas Gerais - não obteve a classificação no Miss Mundo 1965) chegou em terceiro e Sandra Penno Rosa (São Paulo - 5a. colocada no Miss Beleza Internacional 1965) em segundo.   

Maria Raquel de Andrade (Guanabara), Miss Brasil 1965, foi semifinalista no Miss Universo.

marilenaa.jpg
fotos: acervo João Ricardo

O ano de 1965 foi marcado por grandes unanimidades ! Não poderíamos chegar a outra conclusão ! Desde o Brasil chorando a cada capítulo da novela "O Direito de Nascer" até a moda ousada da "Swinging London" com Mary Quant ditando a mini-saia através da esquelética modelo Twiggy, tudo era consenso nacional !

 

No concurso de Miss Brasil daquele ano  não poderia ser diferente ! Marilena de Oliveira Lima , representante do Mato Grosso, surgiu como um furacão ! Como se não bastasse sua morenice legítima de típica mulher brasileira , trouxe na bagagem a experiência de menina "bem nascida" , filha de tradicional e abastada família pantaneira , que desde os 12 anos de idade já embelezava eventos beneficentes do "high society" de seu estado natal !

 

Num universo de bonequinhas loiras que ditavam o padrão ou a tendência das passarelas dos principais concursos internacionais, o Brasil   encontrava assim a sua cara naquela menina de 18 anos. Durante o Miss 4º Centenário Internacional do RJ , certame que reuniu boa parte das beldades internacionais do Miss Universo, a beleza de Marilena já era referência entre as participantes ...Restava apenas a consagração definitiva em forma de coroa , cetro , manto e faixa de Miss Brasil 1965.

 

Alguma possibilidade era deixada para as Misses ES , Solange Leão , prima de Danusa e Nara , que com seus 1,77 m , fazia furor pela elegância a "La Modigliani"; e ainda ao porte majestático de Berenice Lunardi das Minas Gerais , ou aos lindos olhos de Sandra Penna Rosa de SP ....mas havia também a loirice angelical da anfitriã Maria Raquel Helena de Andrade, descoberta por Maria Augusta Nielsen da Socila quando trabalhava como recepcionista de eventos na Guanabara .

 

Alagoas também se fez notar ! Uma loira nórdica do sertão (o sertão nordestino tem muita gente loira de olhos azuis! ) mandou Mari Oiticica . Da Bahia , Marilda Mascarenhas .. e até o RS "clonou" Ieda Maria Vargas" na pessoa de Tânia Luppi ....e Marilena reinando absoluta entre todas elas  !

 

O Maracanãzinho , com sua passarela de 400 metros de extensão , foi tomado por mais uma multidão de 25000 pessoas ! Miss MT sendo aclamada .....incluída entre as semifinalistas ao lado de RJ , GB , SP, BA, ES e PR...Novo desfile  e o veredicto : primeiro nome anunciado como 4ª colocada , Miss MT .

 

Restava ao público a desconcertante indignação de não entender o ocorrido...Já nem interessava mais saber que MG e SP eram 3º e 2º e que sua anfitriã , a assustada Maria Raquel , era a Miss Brasil 1965 . O estrondo da vaia ecoa até hoje entre as paredes do antológico ginásio carioca .

 

Daí pra frente , só restava ao corpo de jurados escolta policial para sair daquele local. Absolutamente indignada , a platéia continuava vaiando o desfile de Maria Raquel, que àquelas alturas, chorava mesmo era de medo, sem ser culpada de nada .....

 

E o brasileiro especulou ! Nunca a revista Manchete recebeu tantas cartas de leitores tratando sobre o assunto Miss Brasil. Foi uma unanimidade a falta de consenso sobre a vitória de Maria Raquel . Bom, o RJ vivia a festa dos 400 anos, precisavam eleger uma carioca ...ou a força do dinheiro pantaneiro querendo comprar a vitória de Marilena (até isto foi levantado! ) ....E muitos dos jurados sem também entender o que acontecera.....ou pelo menos, tentando despistar os reais motivos da escolha que preteriu a mato-grossense de representar o Brasil em quaisquer dos três concursos do grand slam da beleza mundial .

 

E 1965 continuou sendo ano de unanimidades ! O show Opinião , o filme A Noviça Rebelde , a  Jovem Guarda e a certeza de  carnaval ...Vestibular e Miss Brasil tem todo ano. No ano seguinte, Marluce Monvalier  chegou em 2o. lugar e Márcia Gabrielle levou para o MT o título 20 anos depois !

 

João Ricardo

Visitors: