Make your own free website on Tripod.com








misses do brasil miss misses do brasil miss misses do brasil

Miss Brasil 1964 Ângela Vasconcelos














Home | Ranking Miss Brasil 1954-2008 | História | Miss Brasil 2002 Taiza Thomsen | Miss Brasil 2003 Gislaine Ferreira | Miss Brasil 2004 Fabiane Niclotti | Miss Brasil 2005 Carina Beduschi | Miss Brasil 2006 Rafaela Zanella | Miss Brasil Mundo 2006 | Beleza Brasil 2006 | Melhores de 2006 | Concursos 2006 | Natália Guimarães Miss Brasil 2007 | Enquetes | Missel@ne@ | A bela do dia | O belo do dia | Links | Miss Universo 2007 | Miss Rio de Janeiro 2008 . | Miss Brasil 2008 Natalia Anderle





O ano de 1964 foi dos mais marcantes da história do Brasil. Em 31 de março, um golpe militar destituiu o presidente João Goulart, iniciando uma ditadura de duas décadas.

Apesar da situação política, o Brasil seguia em frente com suas tradições e contradições, esperanças e medos.

Ainda sob a repercussão da vitória de Ieda Maria Vargas no Miss Universo 1963, o Miss Brasil 1964 foi dos mais disputados.

Ângela Teresa Pereira Reis Neto Vasconcelos, uma carioca de 19 anos, estudante de Ciências Biológicas, tornou-se a primeira Miss Paraná a conquistar o título de Miss Brasil.

Cabelos castanhos, belos olhos verdes, 1,75cm (a mais alta Miss Brasil até então), 92-59-93, Ângela Vasconcelos, inspirada numa fotografia de Ieda Vargas que a emocionou quando vivia na Alemanha, entrou no concurso para “quebrar a monotonia da vida” e “até ganhar um automóvel”.  Sem dúvida, essa era uma perspectiva interessante para uma jovem que cujo escritor preferido era Sartre e que lia Goethe no original.

Desde a sua chegada ao Rio de Janeiro, a previsão era de que o título estaria entre Ângela e Vera Lúcia Couto, a bela mulata representante da Guanabara, nome que faria história nos concursos de beleza. Como assinala a reportagem da Revista Manchete de 18 de julho de 1964, “o público manifestou ruidosamente a sua preferência gritando, em ritmo compassado, ´gua-ra-ná ´! ´gua-ra-ná ´! ou seja, os primeiros lugares para as Misses Guanabara e Paraná. No desfile de maiô, o público teria começado a pender para a Miss Paraná.

O país parou para comentar o penteado da nova Miss Brasil que acabou virando moda. Muitos afirmaram que seu penteado foi o motivo de ter sido apenas semifinalista no Miss Universo em Miami, vencido pela grega

Vera Lúcia Couto, Miss Guanabara, foi a 2ª. colocada e obteve o 3º. lugar no Miss Beleza Internacional.

A terceira colocada, Maria Isabel Avelar Elias, Miss Sergipe, obteve o 4º. lugar no Miss Mundo.

Apesar de todos problemas, ao menos no que se refere às suas misses, 1964 foi um ótimo ano para o Brasil.

 

As imagens são das Revistas Manchete, O Cruzeiro, Fatos&Fotos.

Galeria I

Galeria II

Galeria III

Galeria IV

Galeria V