Make your own free website on Tripod.com








misses do brasil miss misses do brasil miss misses do brasil

Miss Universo 2005 no Brasil














Home | Ranking Miss Brasil 1954-2008 | História | Miss Brasil 2002 Taiza Thomsen | Miss Brasil 2003 Gislaine Ferreira | Miss Brasil 2004 Fabiane Niclotti | Miss Brasil 2005 Carina Beduschi | Miss Brasil 2006 Rafaela Zanella | Miss Brasil Mundo 2006 | Beleza Brasil 2006 | Melhores de 2006 | Concursos 2006 | Natália Guimarães Miss Brasil 2007 | Enquetes | Missel@ne@ | A bela do dia | O belo do dia | Links | Miss Universo 2007 | Miss Rio de Janeiro 2008 . | Miss Brasil 2008 Natalia Anderle




















Natalie Glebova no Rio - Coletiva de Imprensa

 

A coletiva de imprensa de Natalie Glebova teve início às 11.30 horas no Hotel Windsor, na Barra da Tijuca, onde a Miss Universo está hospedada.

Boanerges Gaeta Jr., Diretor da Gaeta Promoções e Eventos, fez uma breve apresentação sobre Natalie Glebova e sua participação no Miss Brasil 2006, dando-lhe as boas-vindas.

Natalie chegou à sala de imprensa causando o impacto esperado por uma Miss Universo. Sua beleza, somada à de Carina Beduschi, nossa Miss Brasil 2005, iluminou o ambiente. Além de bela e elegante, a Miss Universo demonstrou grande desenvoltura com a imprensa.

Natalie afirmou estar muito feliz por visitar o Brasil e, em particular, a cidade do Rio de Janeiro. Disse sempre ter tido muita curiosidade em conhecer o Brasil pela cultura do país, as pessoas e as praias. Comentou que pretende visitar instituições ligadas ao tratamento da AIDS, divulgando o trabalho que vem desenvolvendo como Miss Universo nessa área,.

Afirmou que gostaria de permanecer mais tempo no Brasil, mas tem uma vasta agenda de compromisso a cumprir.

Carina Beduschi, Miss Brasil 2005, também deu as boas-vindas a Natalie, seguida de Nayla Micherif, Miss Brasil 1997 e uma das Diretoras do Miss Brasil. Nayla reafirmou o compromisso social do Miss Brasil, a importância da visita de Natalie e a expectativa de um crescimento cada vez maior para o concurso. Anunciou ainda que a Miss Brasil 2006 assinará um contrato de 18 meses com a agência de modelos Mega.

Natalia respondeu a diversas questões da imprensa em geral, de sites especializados e de admiradores presentes.

Afirmou que está morrendo de vontade de ir à praia no Rio. Mencionou que uma candidata a Miss deve transmitir confiança no palco e não deixar de ser ela mesma.

Disse não estar namorando no momento (segundo ela, a questão mais popular nas suas entrevistas) porque tem uma agenda muito ampla a cumprir como Miss Universo,

Sobre a data e local do Miss Universo 2006, afirmou que em breve serão divulgados.

Como Miss Universo,  considera que sua atividade mais importante é trabalho com organizações relacionadas ao tratamento da AIDS em diversos aspectos.

Ela ainda não teve tempo para conhecer as candidatas ao Miss Brasil 2006, mas reconheceu que as mulheres brasileiras são famosas pela sua beleza.

Sobre o momento em que estava ao lado da Miss Porto Rico, Cynthia Olavarria (2ª. colocada no Miss Universo), enquanto esperava o resultado, Natalie revelou que sua sensação era de grande alegria pois, independente do resultado, já tinha cumprido um dos seus objetivos no Miss Universo 2006: conhecer culturas distintas e fazer amigos.

Respondendo ao Misses do Brasil, Natalie afirmou que seu maior desafio como Miss Universo tem sido viver esse período sem o contato freqüente com a família. Embora viva fisicamente perto dos seus familiares, as viagens e atividades que cumpre não permitem estar tão perto dos seus familiares.

Sobre a posição da mulher no mundo atual, Natalie ressaltou que em alguns países a mulher tem mais destaque do que em outros. Como tal, considera que a Miss Universo pode apoiar programas em países nos quais a mulher ainda tem um caminho a  seguir por uma melhor condição.

Uma das perguntas do Misses do Brasil foi: “Se a Miss Universo fosse considerada um personagem de um filme, quais aspectos dessa personagem estariam mais próximos de você e quais seriam os pontos nos quais você precisaria interpretar a Miss Universo”? Natalie respondeu que em todas as circunstâncias, apesar da missão inerente à uma Miss Universo,  ela tenta ser a pessoa que é, o mais autêntica possível,  durante todo o tempo.

Natalie negou ter sofrido preconceito por ser miss, exceto quando decidiu concorrer a Miss Canadá e alguns amigos achavam que era uma perda de tempo por conta da sua origem russa. Ela lembrou que sua vitória mostra o quanto o Canadá é um país maravilhoso e zela pela igualdade entre os seus cidadãos.

Natalie este recentemente na Rússia, depois de 11 anos. Ficou impressionada com as principais mudanças que o país sofreu e muito feliz por rever amigos.

Natalie graduou-se em Comércio, Gestão de Tecnologia da Informação e pretendo fazer mestrado nessa área, dando continuidade à sua formação.


Após a imagem abaixo, há duas galerias de fotos.

Clique nas imagens em miniatura para ampliar.

image9a.jpg

Clique nas imagens para ampliar
Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Free Image Hosting at www.ImageShack.us